X
Sobre a Cidade

 

História
 
Os primeiros habitantes da região foram índios da tribo dos canoeiros. O povoamento veio com a descoberta de ouro no século XVIII. O novo núcleo foi chamado de Descoberto. Em 1943, passou a denominar-se Porangatu, que em tupi significa paisagem bela. A emancipação deu-se em 1948 e a instalação em 1949. O advento da rodovia BR-153 (Belém - Brasília), em 1958, aumentou a influência do município na região.
 
 
 
 
Formação Administrativa
 
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Descoberto figura no município de Pilar. Pelo Decreto Estadual n.º 1.204, de 04-07-1931, são desmembrado do município de Pilar os distritos de Santana, Amaro Leite e Descoberto, para formar o novo município de Santana. 

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito figura no município de Santana. Assim permanecendo no quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943. Pelo Decreto-lei Estadual n.º 8.305, de 31-12-1943, o distrito de Descoberto passou a denominar-se Porangatu e o município de Santana a denominar-se Uruaçu. 

No quadro anexo para vigorar no período de 1944-1948, o distrito com a denominação de Porangatu figura no município de Uruaçu (ex-Santana). Elevado à categoria de município com a denominação de Porangatu, pela Lei Estadual n.º 122, de 25-08-1948, desmembrado de Uruaçu. Sede no atual distrito de Porangatu (ex-Descoberto). Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1954. 

Pela Lei Municipal n.º 34, de 31-12-1953 é criado o distrito de Mutunópolis (ex-povoado) e anexado ao município de Porangatu. Em divisão territorial vigente em 1-VII-1955, o município é constituído de 2 distritos: Porangatu e Mutunópolis. Pela Lei Municipal n.º 51, de 20-02-1958, é criado o distrito de Estrela do Norte e anexado ao município de Porangatu. 

Pela Lei Municipal n.º 52, de 20-02-1958, é criado o distrito de Santa Teresa ex-povoado e anexado ao município de Porangatu. Pela Lei Estadual n.º 2.127, de 14-11-1958, é desmembrado do município de Porangatu o distrito de Estrela do Norte. Elevado à categoria de município. Pela Lei Estadual n.º 2.105, de 14-11-1958, é desmembrado do município de Porangatu o distrito de Mutunópolis. Elevado à categoria de município. 

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Porangatu e Santa Teresa. Pela Lei Estadual n.º 4.896, de 13-11-1963, é desmembrado do município de Porangatu o distrito de Santa Teresa de Goiás (ex-Santa Teresa). Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede. 
Pela Lei Estadual n.º 10.430, de 08-01-1988, é criado o distrito de Bonópolis e anexado ao município de Porangatu. 

Pela Lei Estadual n.º 10.438, de 09-01-1988, é criado o distrito de Cruzeiro do Norte e anexado ao município de Porangatu. Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído de 3 distritos: Porangatu, Bonópolis e Cruzeiro do Norte. Pela Lei Estadual n.º 12.800, de 27-12-1995, são desmembrados do município de Porangatu os distrito de Bonópolis e Cruzeiro do Norte, para formar o novo município de Bonópolis. 

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2015.
 
Fonte: IBGE.

Imagens